Clampeamento tardio do cordão umbilical e criopreservação de células estaminais

À medida que a investigação evidencia cada vez mais os benefícios do clampeamento tardio do cordão umbilical, é perfeitamente compreensível que a criopreservação de células estaminais do sangue do cordão umbilical levante inúmeras questões para os futuros pais. Aqui explicamos como o clampeamento tardio do cordão umbilical juntamente com a criopreservação de células estaminais do sangue do cordão umbilical podem ajudar a proteger a saúde do seu bebé.

O clampeamento tardio do cordão umbilical (também designado momento ideal para o clampeamento do cordão umbilical) é o processo de clampear ou de cortar o cordão umbilical assim que as pulsações sanguíneas param, ou após a expulsão da placenta. Fornece um volume sanguíneo saudável ao bebé assim que este faz a transição para fora do útero, incluindo um total completo de glóbulos vermelhos, células estaminais e células do sistema imunitário.

As linhas de orientação mais recentes da The Royal College of Midwives recomendam clampear o cordão umbilical entre 1-5 minutos após o nascimento.

Trabalhar em equipa...
O clampeamento tardio do cordão umbilical aliado à criopreservação de células estaminais do sangue do cordão umbilical

A ideia de que a colheita de sangue do cordão umbilical impede que os bebés colham os benefícios do clampeamento do cordão umbilical é um mito bastante comum. Na realidade, por vezes uma quantidade tão pequena como 15ml de sangue é tudo aquilo que é necessário para criopreservar células estaminais do sangue do cordão umbilical, uma fração dos cerca de 200ml de sangue presentes no cordão umbilical e na placenta.

Com a colheita de sangue do cordão umbilical, o seu bebé irá receber, de igual modo, a quantidade necessária de oxigénio e nutrientes essenciais presentes no sangue materno. A fração de sangue que é colhida pode ser criocongelada e utilizada para ajudar a tratar potenciais doenças que possam surgir no futuro. Os tratamentos atuais incluem leucemia, anemia, cancros da medula óssea e doenças hereditárias do sistema imunitário.

Mesmo com uma pequena quantidade de sangue do cordão umbilical, a Future Health Biobank consegue uma taxa de recuperação celular até 90% após o processamento da amostra. Isto permite guardar o maior número possível de células estaminais e possibilita uma maior probabilidade de tratamento do seu bebé no futuro. Visite a nossa página Web para saber mais sobre a criopreservação de células estaminais do sangue do cordão umbilical.