Em que medida é o teste NIPT diferente de um teste de amniocentese?

É importante notar que o teste NIPT não é um substituto direto da amniocentese

No entanto, o que este rastreio oferece às futuras mães é a oportunidade de não terem que fazer inicialmente uma amniocentese, oferecendo assim uma opção de rastreio muito mais segura para certas patologias.

O NIPT é um rastreio rápido e não-invasivo que envolve simplesmente uma recolha de sangue. Enquanto uma mulher está grávida, o ADN do seu bebé circula na corrente sanguínea da mulher, o que significa que conseguimos testar as três principais patologias com uma taxa de precisão de 99,8%

O teste NIPT analisa as mesmas três patologias que a amniocentese: síndrome de Down, síndrome de Patau e síndrome de Edward. No entanto, proporciona também aos pais a oportunidade de descobrir com precisão o sexo do seu bebé a partir das 10 semanas de gravidez.

Até há pouco tempo, uma simples recolha de sangue como o Vision não estava livremente disponível e as mães consideradas de alto risco eram aconselhadas a fazer uma amniocentese. Infelizmente, esta é considerada um processo de alto risco podendo provocar um aborto.

Embora os resultados do teste NIPT poder indicar a necessidade de algumas mulheres avançarem para a amniocentese, este irá também reduzir substancialmente o número de mulheres que executam este procedimento desnecessariamente.

Ajuda e aconselhamento